Zeros

por puromel

No livro “O pequeno príncipe”, ele fala sobre como os adultos gostam de numerar as coisas e eu vejo isso no mundo de hoje. Os adultos realmente adoram colocar números nas coisas, como se fossem nomes: Agente 007, agente 86, C3PO, R2D2. (São exemplos ridículos, mas ta valendo).

Quantas vezes já ouvi “o mundo está cada vez mais conectado” e ainda sim vejo mais gente prestando atenção no celular do que na pessoa do lado, que por acaso também está prestando atenção no celular. Iphone 6 ou 6+, S4, S5. Números não fazem de nós mais desenvolvidos, números fazem de nós uma ordem. Seres humanos ordenados, contados. E eu não falo isso como elogio.

As pessoas passaram a perder o nome, e ganhar números. Nomes perderam o valor, que ironicamente, agora é dado em números e não em cultura. Nos vemos agora como sete bilhões de zeros. E que valor tem o zero? Precisamos parar de enxergar números e nos diferenciar a base deles. Precisamos de nomes.

Anúncios